ESTUDOS MAÇÔNICOS

PROPAGAMOS A MAÇONARIA DE HOJE

MAIS PRODUTIVA, MAIS PRAZEROSA, MAIS FAMILIAR


Algumas pessoas podem pensar que ser maçom consiste somente em reunir-se dentro de um Templo Maçônico devidamente revestidos de suas insígnias, porém ser maçom é muito mais do que estar presente fisicamente em um templo, é irradiar qualidades mentais e espirituais, é deixar o conhecimento penetrar em sua alma para que o faça ainda melhor, aprimorando sua existência humana

No contexto bíblico (Na Bíblia Sagrada que nós maçons denominados de Volume da Lei Sagrada) em Atos 20:20 e Atos 05:42, informa sobre “o ensinamento de casa em casa”. Os Maçons filiados ao Soberano Santuário da Maçonaria compreendem que o Templo é o espaço mais Sagrado, Simbólico e Místico que existe de maneira real e expressiva dentro de cada maçom comprometido com os Princípios Universais da Maçonaria. Longe das especulações e vaidades, dos suntuosos prédios e cenáculos, a Maçonaria sempre se fez existir de maneira secreta e intimista através dos estudos realizados em nosso lar. Através do Soberano Santuário você pode inicialmente receber os ensinamentos da Maçonaria em sua casa. Desenvolvemos estudos maçônicos através de apostilas (ao solicitar você receberá via correspondência) e conhecerá uma Metodologia Inovadora e Envolvente para praticar Maçonaria. Nossas apostilas proporcionam aos nossos Irmãos e Irmãs Maçons uma Caminhada Rica e Transformadora. Na maçonaria moderna, não cabem mais as formas arcaicas dos séculos passados. Vivemos no século 21, era da comunicação via internet, o que possibilita a todas as pessoas terem acesso ao que antes era apenas de alguns privilegiados. 

Um requisito para filiação no Soberano Santuário da Maçonaria é inicialmente conhecer os estudos maçônicos em apostilas que você pode solicitar on-line na página principal deste site e junto com sua remessa de ensinamentos em apostilas você receberá via correios todas as informações para participar em reuniões nos Templos Maçônicos desta Instituição.


Para mais informações click aqui e faça leitura na versão pdf


< voltar para a página principal >